terça-feira, 24 de julho de 2018

JOÃO DÓRIA - a favor dos Rodeios e do Embarque de Animais Vivos



Em Agosto de 2017, João Dória, ex prefeito de São Paulo e atual pré candidato ao Governo do Estado, visitou a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, elogiou a organização do evento e discursou, acompanhado do deputado estadual Fernando Capez (PSDB).

 "Vou lançar aqui um desafio aos Independentes [associação organizadora da festa]: para nós fazermos uma festa igual em São Paulo muito em breve", disse Doria.

Na  ocasião, João Dória ignorou completamente a lei paulistana, vigente desde 1993, que proíbe "rodeios, touradas ou eventos similares que envolvam maus tratos e crueldades de animais".

A repercussão, na época, foi da piores. Isso porque em evento que ocorreu dias antes do então prefeito afirmar ser amante dos animais em reunião com lideranças do movimento. Diante dos atropelos e da repercussão negativa, Dória foi as redes sociais reafirmar que respeita os animais, descartando a realização do evento na capital paulista.

Em 20 de Agosto de 2018, em entrevista ao Diário Online, João Dória, pré candidato ao Governo de São Paulo, reafirmou o total apoio ao agro­negócio e agrobusiness, grande força de Barretos. Além de ser contra a proibição do embarque de animais vivos.

Na oportunidade, quando questionado sobre o projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo, proibindo o embarque de animais vivos, João Dória afirmou  que "Meu po­sicionamento é o opos­to do atual governador Márcio França. Eu en­tendo que os animais não devem ser maltratados, mas proibir a exporta­ção de animais vivos é ir contra o mercado, contra os princípios que regem o mercado mundial. Não há nenhum problema no transporte de animais vivos brasileiros para ex­portação e isso acontece no mundo todo.Não faz nenhum sentido es­tabelecer essa proibição que, além de inadequada e inócua, provocaria um enorme prejuízo para o setor do agronegócio brasileiro especialmente para o interior do Estado de São Paulo. "

Desde o final de 2016, o Fórum Animal, em parceria com a Animals International e Animals Australia, vem trabalhando pelo fim desta prática. Em Janeiro de 2018, uma ação civil pública foi protocolada pelo advogado Dr. Ricardo Cattani, exigindo a interrupção do embarque de animais no navio NADA no porto de Santos, e a suspensão nacional da exportação de animais vivos. Em função dessa ação do Fórum Animal, uma perícia oficial foi indicada pela 25ª Vara Cível Federal de São Paulo, realizada pela veterinária insenta Magda Regina.

Segundo o laudo pericial (que pode ser conferido na íntegra AQUI), foi concluído que "são abundantes os indicativos que comprovam maus-tratos e violação explícita da dignidade animal, além de ultrapassar critérios de razoabilidade elementar as cinco liberdades garantidoras do bem-estar animal".

Além disso, uma batalha quase que diária vem sido travada por ativistas dos direitos dos animais, na Assembleia Legislativa de São Paulo, para que o referido projeto de lei seja votado pelos parlamentares. A bancada ruralista (agronegócio) vem travando a pauta há mais de 30 dias, impedindo que isso aconteça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário